sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Feliz Natal

No outro dia, em Cabanas, pude participar de um curso de acólitos. No final, recebemos um pequeno presente. Pequeno por causa do valor, e do tamanho. Um menino-Jesus pequequenininho. Um dos participantes, uma criança que terá uns 12 anos, olhou para o menino, enterneceu-se, e disse:
«Tão fofo! Podemos guardá-lo na caixa? - um invólocro que o protegeria de tudo.»
Está tudo dito!



O Natal é isso. Receber Jesus, olhar para ele, maravilhar-se perante tão grande mistério, cair de joelhos perante O menino-Deus que veio para ser O connosco-Deus. Acolhê-lo na nossa vida para que ele reine, e guardá-lo no nosso coração, para sempre, para não mais deixar de ser nosso!
Que grande mistério, oo da encarnação! De como Deus, eterno e imutável, entrou na nossa vida, assumindo a nossa condição servil!

Para todos os meus amigos, uns mais outros menos, aos que não pude encontrar, aos que encontrei, aos novos, aos de sempre, aos especiais, aos ordinário, um feliz Natal!
Que nada nem ninguém estrague este momento único no decurso do ano!
Há coisas fantásticas não há?
O Natal é-o!

1 comentário:

Ismael Sousa disse...

Feliz Natal! Por vezes as coisas mais belas saem da boca das crianças! Nelas o Menino-Deus está sempre vivo!

Vídeos fantásticos

Loading...