quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Continuando...

Continuando a viagem, parámos de manhã em Arronches, onde pudémos conhecer a D. Maria, ou Mariazinha como gostam de a chamar. Deixo-vos uma foto de umas das ruas tipicas que tornam tão especial e colorido este alentejo:


Pelo caminho muitas surpresas. Uma das maiores é que Portugal não é só feito de curvas. Tem também retas. Nomeadamente de 4 km... :)

Mais à frente encontrámos uma pequena localidade com um nome sugestivo, ora vejam:


Depois parámos em Campo Maior, simpático como local mas com o castelo momentaneamente fechado, como lamento. Fica uma recordação de lá:


Uma vez saídos de Campo Maior, chegámos a Elvas. O que conhecia de lá? A música de Paco Bandeira :) Não a pensava Elvas fortificada, e muito menos fortemente fortificada. Vale a pena ser vista. Tem inúmeros pontos de interesse.


Depois de almoçar e de fazer um belo passeio a pé, fomos ao outro ponto da música. Ele canta: "Oh Elvas, Badajoz à vista". Passámos por lá para ter a certeza que havia lá mais do que propriamente parteiras e aborteiras.
Uma vez de volta a território nacional, fomos pelo meio sei lá de onde, numa estrada municipal que nunca mais acabava. Ao improviso, um ponto interessante: Barragem do Caia. Tenho que voltar lá com uma tenda e uns amigos :)
Uma foto do "meu bravo" =) ao pé da barragem :)


Saindo de lá, outra vez deserto, como diria Mário Lino, 37º de calor, cabelos ao vento, a ouvir só grande músicas com Paulo Fragoso e a RFM :p
Amanhã se houver "Rótér" volto a fazer-me vivo, doutra latitude :)

Há coisas fantásticas não há?

3 comentários:

Semina disse...

Bem, que vidinha a tua pah!

Já agora, seus mouros, pk só vão po sul? E a beleza do norte???

lol

Abraço

Cristóvão Cunha disse...

Oh manito, já visitámos o Norte, moramos lá durante anos!lol! Por isso: sul. Só uma semana :)

Heidi disse...

isso de estar dependente de um "Rótér" deve ser mesmo lixado :P

Vídeos fantásticos

Loading...