sexta-feira, 20 de março de 2009

Porque recordar é viver...

A fotografia é uma forma de ficção. É ao mesmo tempo um registo da realidade e um auto-retrato, porque só o fotógrafo vê aquilo daquela maneira. É portanto uma arte. Mais ninguém tem que gostar, ou ver aquilo que eu vejo. São para mim também nesgas de realidade, vistas de pontos de vista absolutamente únicos. Momentos congelados para a posteridade, para mais tarde recordar. E porque recordar é viver, vou colocar algumas fotos que me fazem viver o passado, olhando o futuro, com os pés no presente.

O início de uma tempestade, no mar Adriático


Em Roseto degli Abruzzi, numa quente noite de Verão com os amigos.



O Gran sasso d'Itália, visto do meu quarto em Forca di Valle.



Em Loreto delle Marche...


2 comentários:

Heidi disse...

és um privilegiado por teres estado do lado de lá da máquina fotográfica :)
grandes fotos **

Bisturi disse...

Grandes fotos mesmo :)
um abraço*

Vídeos fantásticos

Loading...