terça-feira, 21 de abril de 2009

Mais um passeio fantástico...




Haverá coisa melhor do que sentir a natureza no que ela tem de melhor? Acho que cada vez gosto mais de passear e viajar porque cada vez é melhor voltar a casa e à minha terra amada =)
Este domingo foi a vez de irmos até ao rio dão. Visitámos o moinho do senhor Armando. Felizmente continuam a existir pessoas que teimam em não deixar morrer as tradições e o que elas têm de melhor.
Depois da visita ao moinho rumámos em direcção às "casinhas del Rei" que a tradição insiste em associar à presença e ocupação dos mouros. Com todo o respeito que os mouros me merecem (denominação comum para os muçulmanos), essa é uma tese que carece de fundamentos históricos. Parece-me um bocado forçada a associação.
Mas vale sempre a pena caminhar. E se se souberem as entradas, tanto melhor. É uma sensação esquisita entrar lá. Já estive em grandes edifícios, mas entrar num monumento granítico, natural, e daquela envergadura é realmente fantástico. E com os amigos é muito melhor. Foi a comandita de sempre =) A minha mana, eu, o Henrique, o Bruno, a Cátia e o Rogério.
Se alguém se quiser juntar ao clube, sejam bem-vindos.
Sem mais, prometo mais passeios e fotos para a próxima. Vou tentar, assim que a internet mo permitir, far o up-load de uma montagem que fiz a propósito do passeio. A primeira foto documenta uma queda de àgua junto ao moinho, a segunda é uma panorâmica do mesmo, a terceira eu a saltar de penedo em penedo, numa versão de Parkour rural, e a última foto mostra o pelotão compacto já à chegada a Dornelas =)
Até breve.
Há coisas fantásticas não há?


7 comentários:

Heidi disse...

Parkour rural... b-r-u-t-a-l!!! eh eh eh
quando for aí patinar no gelo (sim porque eu vou aí patinar no gelo eh eh)...tb quero praticar esse desporto radical que é o Parkour rural LOOOOL

Bárbara disse...

O parkour rural é o melhor desposto............. assim não ficamos estrupiados em catenárias dos comboios... damos mesmo com a cabeça num calhau e vamos desta para melhor =)

Heidizita.... Tudo bem que gostas de despostos radicais, mas o parkour rural exige muito treino, por isso toca a ir aí pro meio das serras de Txaves... aproveitar não só o pólen, mas também para subir e descer calhaus (sem olhos)

hahahahahah

Cristóvão Cunha disse...

Concordo e corroboro para além de subescrever o supracitado =)
Cá te espero! Aliás, lá te espero! Até breve. Vamos levar-te a um sítio onde nunca ninguém te levou! (Não é difícil) =)
Quanto ao parkour rural, é um desporto fixe, bastante diferente do filho bastardo do grafiti (que seria o parkour urbano). =)
Até breve

Bruno Andrade disse...

Acho que deves registar a patente de Parkour Rural, pode chegar longe esta vertente.

Bruno Andrade disse...

E não te esqueças de telefonar pras televisões pra informar da nova descoberta (a TVI é capaz de vir lol)

Bárbara disse...

A TVI não "é capaz de vir" VEM MESMO.... Manito quando vierem avisa-me para eu nem seque sair de casa........

=)

Cristóvão Cunha disse...

Oh mana, se vierem tambem nao saio de casa =)
Beijos

Vídeos fantásticos

Loading...